Playground de Madeira, Plástico ou Ferro: Qual é Melhor?

Playground de madeira, plástico ou ferro: Veja qual é o melhor…

Quando um parquinho voltado para o entretenimento infantil é planejado, uma dúvida muito frequente acaba surgindo entre os responsáveis por escolas, condomínios e prefeituras, a definição do material que será utilizado na construção destes brinquedos.

De um modo geral existem três opções: playground de madeira, playground de plástico e playground de ferro. Saber qual será o material ideal abrange vários critérios que devem ser levados em conta.

Playground de Madeira, Plástico ou Ferro: Qual é Melhor?

Playground de madeira, plástico ou ferro: Qual é melhor?

O primeiro critério é definir o orçamento disponível da escola, condomínio ou prefeitura para a realização do projeto, sabendo que existirá uma variação de valores na conclusão do playground. Definir qual será o público alvo, ou seja, a faixa etária das crianças que irão usufruir de muita brincadeira e diversão neste parquinho é muito importante.

O local onde será montado este playground também deve ser enfatizado, pois caso ele seja em um local coberto, que não sofra com as chuvas ou o sol, o playground de plástico acaba sendo uma ótima opção.

Em fim, vamos levantar os principais critérios que irão lhe ajudar a definir qual será o material ideal para a construção do playground, buscando agradar as crianças e deixar os pais tranquilos em relação a segurança dos brinquedos deste parquinho.

Vantagens e Desvantagens do Playground de Madeira

Dentre as três opções de materiais levantadas neste post, a madeira é uma das opções mais utilizadas ao longo dos anos, possibilitando um bom custo benefício na conclusão do projeto.

Uma das maiores vantagens é que existe uma grande demanda de bons marceneiros no mercado que podem fazer um orçamento adequado ao seu bolso. Outra grande vantagem é a disposição das medidas dos brinquedos, que não serão empecilho para a execução do projeto.

A vida útil da madeira após receber o devido tratamento e a pintura é bastante grande, não apodrecendo por estar exposto ao tempo. O playground de madeira pode ser feito com madeira de reflorestamento e a madeira não esquenta com o sol, um fator importante na hora de definir o projeto.

Uma das desvantagens do uso da madeira é a constante manutenção, que deverá ser rigorosa visando a segurança das crianças. Pregos enferrujados, farpas, proliferação de insetos, devem ser evitados com manutenção periódica adequada.

   
 

Vantagens e Desvantagens do Playground de Plástico

Uma grande opção também em custo benefício e praticidade é a utilização do playground de plástico. O parquinho com os brinquedos feito com plástico acabam dando um ar mais moderno na conclusão do projeto, e é mais indicado para crianças menores e para os bebês poderem brincar com segurança. A limpeza do playground de plástico também é uma vantagem que se destaca em relação ao outros materiais, sendo mais fácil é rápido mantê-lo limpo.

Playground de Madeira, Plástico ou Ferro: Qual é Melhor?

A manutenção é muito mais simples e ele acaba não sofrendo com corrosões, infiltrações, ferrugens, farpas, apodrecimento, insetos e microorganismos que podem afetar a segurança das crianças. Proporciona mais segurança para as crianças de um modo geral com superfícies lisas ou aderentes dependendo do brinquedo.

A desvantagem é que o playground de plástico sofre com a ação do sol e da chuva mais do que a madeira, esquentando muito se estiver exposto ao sol e se deteriorando com o tempo. Ele tem uma vida útil muito menor para ambientes abertos e não é recomendado para playgrounds públicos ao ar livre.

Vantagens e Desvantagens do Playground de Ferro

Dentre as opções mais antigas e já exploradas de materiais para playground, o ferro é um dos materiais que tiveram maior exploração, porém, hoje fica atrás do plástico e da madeira. Uma das maiores vantagens é que ele é resistente e pode ser agregado para crianças e pré-adolescentes poderem se divertir, e se for bem cuidado, terá uma vida útil longa.

A desvantagem é que ele tem um custo benefício maior do que os outros materiais apresentados e tende a sofrer muito com a ação do tempo caso não receba manutenção. Os brinquedos de ferro também podem provocar queimaduras caso o sol esteja muito intenso naquele momento, e caso o brinquedo esteja enferrujado, ele poderá até provocar um acidente pondo em risco a segurança das crianças.

Dentre todas as opções, o planejamento do local interfere como um dos principais critérios para os três tipos de materiais, sendo a playground de madeira ideal para ambientes externos, o de plástico para ambientes internos e para crianças pequenas e bebês, e o playground de ferro ideal para ambientes cobertos e resistente para crianças e pré-adolescentes se divertirem.

Todas as opções irão exigir manutenção independente do tempo ou da localização ideal, pois se trata de crianças e o risco de acidentes não deve assumir margens de erro.

 




Deixe um Comentário