Piso Tátil: O que é? Para que Serve?

Veja o que é piso tátil e para que ele serve…

Muito provavelmente, você já encontrou com ele pelas ruas da cidade. Seja à espera do metrô, no limite de calçadas, nos degraus de escadas…

Mas, afinal, o que é o piso tátil e qual é a sua função?

 

Piso tátil: O que é? Para que serve?

Piso tátil: O que é? Para que serve?

O piso tátil é um pavimento que se diferencia do piso ao seu redor por sua cor e textura. Como o próprio nome indica, ele pode ser sentido ao tocar dos pés e, por isso, também é chamado de piso podotátil.

Para muitas pessoas, ele pode passar despercebido no dia a dia. Mas para aquelas que possuem visão reduzida ou deficiência visual, o piso tátil é um grande aliado para garantir boas condições de acessibilidade.

Utilizado tanto em ambientes públicos como privados, os modelos encontrados no mercado costumam ser produzidos em materiais como concreto, cerâmica, aço inox, PVC ou borracha.

Para que serve o piso tátil?

São dois os modelos de piso tátil: o de alerta e o direcional.

O primeiro serve para chamar a atenção das pessoas com deficiência visual sobre prováveis riscos, como desníveis e obstáculos encontrados no caminho, como postes e placas de rua. Entre a população, ele é conhecido como piso de bolinha ou bolha.

   
 

O segundo tem a função de indicar, guiar, orientar sobre o percurso. Neste modelo, o alto-relevo, geralmente, é formado por linhas e a instalação da peça é feita no sentido do deslocamento.

De uma forma ou de outra, ambos os modelos possibilitam mais segurança e liberdade aos deficiências visuais, que precisam se deslocar no dia a dia das cidades. Portanto, é muito importante que seja respeitado o princípio do contraste de cor e de relevo com o restante do piso que compõe o local.

Piso tátil: O que é? Para que serve?

Quando usar o piso tátil?

Infelizmente, ainda há muitos equívocos quanto à aplicação desse tipo de pavimento, o que pode acabar por ter um efeito contrário, dificultando a locomoção das pessoas com deficiência visual.

No Brasil, as especificações para a instalação do piso tátil em espaços urbanos são reguladas pela Norma 9050/04, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). As dimensões para a sinalização, a largura do revestimento e a altura do relevo são alguns detalhes que podem ser encontrados nesse documento. Portanto, fique atento!

Existem diversas ocasiões em que a utilização do piso tátil é necessária. Selecionamos alguns exemplos para você:

  • Informar a mudança de nível da superfície, que pode ser relacionada à inclinação ou degrau, como ocorre em escadas e rampas;
  • Orientar quanto ao posicionamento. Quando você entra em um prédio público, ele serve como guia até a recepção;
  • Atentar para um perigo, como é possível encontrar junto às portas dos elevadores.

Gostou do texto? Deixe um comentário ou sugira os assuntos sobre os quais você quer ler aqui.

 




Deixe um Comentário