O que é um Empréstimo? Saiba como esse recurso pode te ajudar

Saiba o que é um Empréstimo e como esse recurso pode te ajudar…

Existe um ditado que diz que “o dinheiro faz o mundo girar”. E, por mais que existam várias outras coisas importantes na nossa vida, o dinheiro abre portas e caminhos que sem ele não aconteceriam, possibilitando a realização de sonhos e a solução de certos problemas.

E quando o que você quer ou precisa fazer e a sua atual situação financeira não são exatamente compatíveis, um dos recursos ao qual você pode recorrer é fazer um empréstimo.

O que é um Empréstimo Saiba como esse recurso pode te ajudar

O que é um Empréstimo?

Mas o que é um empréstimo?

Em sua definição mais básica, e como a própria palavra explica, um empréstimo é um acordo feito entre um banco ou uma instituição financeira e um cliente, que possibilita o acesso a uma determinada quantia de dinheiro, com a promessa que essa quantia será devolvida no futuro, com juros e geralmente em parcelas pré-definidas.

Existem vários modelos de empréstimo, e através de uma simulação de empréstimo você pode entender qual é a melhor opção para você.

Para o que ele pode ser utilizado?

No caso de empréstimos de dinheiro, esse valor pode ser usado para qualquer fim: para a quitação de dívidas, aquisição de imóveis, viagens, compras num geral, para a abertura de um novo negócio… Você decide qual o valor que precisa e qual será o destino desse dinheiro.

Os financiamentos também são tipos de empréstimo, mas com algumas diferenças fundamentais: precisam ter uma finalidade específica, como a compra de um imóvel ou veículo, seu processo de aprovação é consideravelmente mais burocrático e geralmente tem taxas mais baixas do que empréstimos de dinheiro.

Tipos de empréstimo

Existem vários tipos de empréstimo, e cada um deles tem suas características, vantagens e desvantagens, principalmente na hora da quitação com o banco ou a instituição financeira que forneceu o empréstimo. Para saber mais sobre alguns dos tipos mais comuns, continue lendo!

   
 

Empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é o tipo mais comum atualmente, oferecida por diversos bancos e instituições financeiras. É relativamente simples de conseguir, basta ter o nome “limpo” – ou seja, não ter sido cadastrado em empresas de proteção ao crédito por dívidas não pagas.

Com um empréstimo pessoal, você tem acesso ao dinheiro em até 24 horas, e os valores máximos geralmente são de até R$5.000,00 – o que faz dele um bom empréstimo para situações de emergência. Porém, é um dos que tem a maior taxa de juros, justamente devido à sua rapidez e praticidade.

Empréstimo consignado

O chamado empréstimo consignado também muito comum, e a sua principal diferença em relação ao pessoal está na forma de pagamento, que é feita através de um desconto automático no salário, pensão ou aposentadoria. Por isso, tem juros menores, já que o pagamento é mais garantido, mas só pode ser feito por quem tem acesso ao INSS, ou por quem trabalha em empresas que tem convênio com algum banco.

simulacao de emprestimo pessoal consignado com garantia de imovel

Tipos de Empréstimos

Empréstimo com garantia de imóvel

Nesse tipo de empréstimo, um imóvel – residencial ou comercial – é apresentado para o banco ou instituição financeira como garantia de pagamento. Por isso, o empréstimo com garantia de imóvel é um dos que apresentam as menores taxas de juros, já que os riscos de inadimplência são reduzidos. Você continua a ter acesso livre ao imóvel, através de um recurso chamado de alienação fiduciária.

Cheque especial

Esse tipo de empréstimo é um velho conhecido (e temido!) de muitas pessoas, já que ocorre de maneira automática, quando o mês encerra e sua a conta corrente está com um saldo devedor, ou seja, está “negativa” ou “no vermelho”.  O cheque especial é o que tem a taxa de juros de empréstimo com os maiores valores do mercado, e por isso, é um dos menos indicados.

Agora que você já sabe quais os tipos de empréstimos mais comuns, já pode decidir qual é o melhor para te ajudar a realizar um sonho, a quitar uma dívida ou para te salvar em um momento de emergência. E para saber mais sobre planejamento financeiro e finanças pessoais, confira mais artigos no blog!

   

Deixe um Comentário