Como Montar uma Fábrica de Vidros Temperados?

Saiba como montar uma fábrica de vidros temperados…

O processo responsável por transformar um vidro comum em um vidro temperado conta com a utilização de temperatura muito elevada, utilizando para isso um maquinário específico que eleva a temperatura do vidro até 650 °C e logo em seguida faz um resfriamento, gerando um choque que irá proporcionar mais resistência a esse vidro. Isso só pode ser feito em uma fábrica de vidros com profissionais bem preparados.

Todos esse processo e outros processos que envolvem os cortes e a manipulação do vidro antes dele se transformar em vidro temperado, é voltado para a indústria, com um aporte de equipamentos e mão de obra específica. Mesmo que essa fábrica seja no fundo de um quintal, a metodologia aplicada irá necessitar de um know-how específico que permita a manipulação dos vidros dentro de normas específicas.

Um exemplo de como esse processo necessita de uma fábrica de vidros e de técnicas adequadas, é um método utilizado para fazer o vidro temperado com a manipulação de produtos químicos, utilizando nitrato de potássio super aquecido para a imersão da peça de vidro que irá reagir devido ao óxido de sódio contido nela. Os dois processos de temperamento do vidro necessitam que os cortes já estejam prontos na medida exigida pelo cliente, devido ao fato de que o vidro temperado não poderá ser mais perfurado ou lapidado.

Como montar uma fábrica de vidros e produzir vidros temperados?

 

Como Montar uma Fábrica de Vidros Temperados?

1º Passo

O primeiro passo para montar uma fábrica de vidros é um plano de negócios bem definido sobre os produtos que irão ser produzidos. O objetivo principal neste caso é a produção de vidro temperado, mas é possível que outras peças possam agregar a produção. Neste caso, o empreendedor interessado em fazer parte deste mercado deverá se preparar e investir em equipamentos de porte industrial e infraestrutura necessária. Tudo isso deverá ser bem estudado com a consultoria de um especialista no assunto.

   
 

2º Passo

O segundo passo é buscar conhecer todas as normas de segurança e especificações dos produtos que irão ser produzidos nesta fábrica de vidros, pois o empreendedor deverá estar enquadrado dentro das exigências legislativas e dentro das normas de meio ambiente. É necessário estar licenciado para a fabricação de produtos à base de vidro para manter o nome desta empresa em atividade no mercado.

3º Passo

O terceiro passo é a compra de ferramentas, maquinários específicos e a contratação de mão de obra treinada, que irão fazer parte desta etapa de planejamento. As máquinas que irão produzir o vidro temperado já podem ser compradas e instaladas no local adequado e dimensionado para isso. Com um plano de negócios bem definido, seguindo todas as normas e especificações exigidas para se manter uma fábrica de vidros em atividade e cuidando do lado administrativo, essa fábrica já estará quase pronta para começar a produzir.

4º Passo

O quarto passo é fechar com um bom fornecedor de matéria prima para a produção de vidro, prezando pela qualidade do produto final. É muito importante já ter um contrato firmado com os fornecedores de matéria prima para não afetar a produção a médio e longo prazo. É interessante frisar que uma fábrica pode produzir peças com a utilização de vidro reciclável, podendo esta fonte de matéria prima ser explorada para vários tipos de produtos.

5º Passo

O quinto e último passo é que você tenha um plano de marketing voltado para a venda de seus produtos. Hoje em dia a utilização de vidro temperado se faz cada vez mais necessária em muitos ambientes. Procure conquistar os clientes dispondo de medidas exclusivas para cada necessidade, procurando ir até a casa do cliente e fazer um orçamento sem compromisso. Divulgue sua empresa nas redes sociais e busque sempre oferecer um atendimento e produtos de qualidade.

 




Deixe um Comentário