Micose: Quais os Principais Tipos e Como Tratar essa Doença?

A Micose é uma doença muito conhecida, causada por fungos ela pode ocorrer na pele, nas unhas, couro cabeludo, pés e outras partes do corpo. É muito comum pessoas que vão à praia pegar micose, uma vez que esse é um local propício para a sua proliferação com muita umidade, quente e pessoas andando descalças o tempo todo.

Mas apesar de ser uma doença, ela não é muito grave, desde que seja tratada da maneira correta e logo no início. E para conhecer mais sobre os tipos de micose e os tratamentos mais utilizados, continue lendo esse artigo que vamos explicar tudo!

micose quais os principais tipos sintomas tratamentos

Micose na Pele do Rosto

Tipos de Micose

A Micose é uma doença que pode ocorrer com qualquer pessoa, ela acontece em sua maioria no verão, pois os fungos que causam esse problema sobrevivem melhor em altas temperaturas. Outro motivo, é que nessa época do ano, as pessoas utilizam menos roupas e ficam mais em contato com superfícies, o que facilita o contato e o contágio da doença.

Existem alguns tipos mais comuns como a micose na pele, micose nas unhas, nos pés e no couro cabeludo. Assim como a Pitiríase versicolor, a candidíase e a impingem, que também são tipos da doença, apesar de não levarem o prefixo micose no nome.

Micose na pele

O tipo mais comum e também o mais conhecido da doença, provoca pequenos caroços por toda a pele, além de vermelhidão, coceira e fazer com que a pele fique descamada. Essa é uma doença facilmente identificada, pois os sintomas são visíveis e ao serem notados devem ser tratados logo para que assim se possa conseguir a cura em pouco tempo e com os melhores resultados, sem efeitos colaterais.

A micose na pele pode ser tratada com pomadas, cremes ou dependendo do caso com medicamentos que são receitados por um médico. É importante ter a ajuda e acompanhamento de um profissional para orientar o tratamento correto.

Micose no couro cabeludo

Quando acontece no couro cabeludo, essa doença pode provocar a queda de cabelo e se não tratada desde o início pode evoluir para problemas mais graves como alopecia, dermatites, psoríase e outros em que a quantidade de fios perdidos é muito maior.

O tratamento é feito com shampoos especiais, mas o acompanhamento de um dermatologista é indispensável, pois os tratamentos podem variar de acordo com cada pessoa, tipo de pele e tipo de cabelos.

   
 

Micose na virilha

Essa micose ocorre nas regiões íntimas por causa do atrito entre roupas apertadas e a pele, muito comum em pessoas com excesso de peso e também atletas. pois o atrito faz com a pele fique mais suada e mais quente. O que é favorável ao desenvolvimento dos fungos que causam esse tipo da doença.

Para tratar pomadas antifúngicas podem ser suficientes, desde que se usem também roupas mais folgadas e que deixem a pele na virilha respirar mais.

micose na unha

Micose nas unhas

Micose na unha

Esse tipo pode aparecer tanto nas unhas do pé, quanto nas unhas da mão, mas o mais frequente é a micose na unha do pé, uma vez que é ele que entra em contato com o solo e também por causa de calçados fechados que acabam contribuindo para a proliferação do fungo.

Também conhecida como pé de atleta, esse tipo de micose ocorre muito com esportistas, pois os vestiários são locais muito propícios para a existência de fungos e outras bactérias que podem causar infecções.

As micoses nas unhas podem causar queda, escuridão das unhas, mau cheiro, coceira, descamação e feridas. Mas com tratamento correto pode ser melhorada em pouco tempo.

Sintomas

Os sintomas são muito visíveis, pois começam com coceiras, vermelhidão local, até chegar a descamação e feridas graves. Ao apresentar esses primeiros sintomas, já é o momento de procurar um especialista e iniciar um tratamento o quanto antes para que a doença não avance e os fungos não se prolifere.

Tratamentos para Micose

Felizmente a Micose é uma doença que possui tratamento muito simples, pois na maioria das vezes pomadas são suficientes para acabar com os fungos e o incômodo que ela causa pelo diversos lugares do corpo.

Mas em alguns casos medicamentos também são utilizados para combater a doença como é o caso do Fluconazol, que é utilizado principalmente para combater a candidíase vaginal. O Itraconazol, cápsulas que inibem a proliferação dos fungos nos mais diversos tipos de locais. E o Griseofulvina que evita que surjam infecções na pele e no couro cabeludo.

De qualquer maneira, independente do tipo de micose, o melhor a ser feito é procurar um médico assim que os primeiros sintomas forem notados, pois apenas assim é possível ter o tratamento correto para a doença, de maneira que não se agrave e causam infecções mais sérias.