Ansiedade e Depressão nos Jovens Brasileiros – O que fazer?

Em tempos normais, os jovens já têm muita dificuldade para se adaptar às novidades e cobranças que lhes são apresentadas, conforme vão se aproximando da vida adulta.

Com a situação atípica que o mundo passou nos últimos anos, isso só agravou ainda mais as crises de ansiedade e depressão entre os jovens brasileiros, o que precisa ser acompanhado de perto pelos pais, profissionais de saúde e pelos governos.


Ansiedade e Depressão nos Jovens Brasileiros - O que fazer?

Ansiedade e Depressão nos Jovens Brasileiros – O que fazer?

Como já dito no início, os jovens sempre sofreram para se adaptar a novos cenários, com mudanças no corpo, desafios da vida escolar, amizades, romances e as pressões com a proximidade da vida adulta.

Tudo isso já causava transtornos de ansiedade e depressão nos jovens brasileiros. Agora, somado a isso, temos o triste cenário que trouxe medo, incertezas e obrigou o mundo inteiro a se isolar em suas casas, para se proteger.

Essa medida, apesar de reconhecidamente necessária, pode ter tido um efeito colateral bastante preocupante, que é o agravamento da saúde mental dos jovens, o que certamente vai ser estudado a fundo nos próximos anos.


Como cuidar da saúde mental dos jovens brasileiros?

Em primeiro lugar, é preciso que haja uma campanha de conscientização e educação, por parte dos governos (federal, estadual e municipal), para que a população saiba identificar os possíveis sinais de depressão ou ansiedade.

Em seguida, é preciso oferecer tratamento gratuito e de qualidade para os jovens brasileiros, especialmente para aqueles que estão em situação mais vulnerável e não têm condições de pagar um plano de saúde, por exemplo.

Além disso, os pais e responsáveis devem ficar atentos ao comportamento dos seus filhos, e devem procurar a ajuda dos profissionais de saúde sempre que necessário.

Ansiedade e Depressão nos Jovens

Ansiedade e Depressão nos Jovens – Doenças do presente e do futuro

Como vimos, o número de jovens brasileiros com transtorno de ansiedade e depressão aumentou consideravelmente, nos últimos anos. E, infelizmente, essa situação não tende a melhorar tão rápido assim.

Por isso, é essencial que os Psiquiatras, Psicólogos e outros profissionais da saúde mental continuem se especializando, através de bons cursos de psiquiatria, para estarem cada vez mais capacitados e preparados para os desafios que virão pela frente.

E essa será uma área da saúde que vai precisar de muitos profissionais novos, para dar conta de atender toda a demanda que certamente virá pela frente. 

Deixe um Comentário