Prata 925 e 950 – Conheça a Principal Diferença

Uma delas oxida menos, enquanto a outra é mais pura. Ambas, porém, têm alta durabilidade e são valorizadas no mercado.

Também chamada de argento, a prata é o mais branco de todos os metais. Seu nome, inclusive, significa claro e brilhante. Desde que foi descoberta por civilizações da antiguidade, a prata é um metal nobre sinônimo de prosperidade e riqueza.

Não à toa, além de ela ter sido usada como dinheiro, joias e ornamentos de prata frequentemente são encontrados em túmulos de nobres e governantes de sociedades milenares mundo afora.

prata 925 x 950

Prata Pura

Entretanto, a prata pura – que, diferentemente do ouro, é denominada prata 1000 por ser 100% composta do mesmo material – é maleável demais. Uma joia feita somente com esse metal se deforma facilmente. Desta forma, para tornar viável a sua manipulação na joalheria artesanal, é necessário misturar a prata a outros metais para que tenha mais durabilidade.

Da necessidade de garantir resistência aos artigos confeccionados com prata, foram criados os termos prata 925 e prata 950, além da expressão prata de lei, que está relacionada com o índice de pureza.

Essa terminologia surgiu ainda no século XIII, com o rei de Portugal Dom Afonso II, ao criar uma lei que punia quem fabricasse peças de prata com ligas com menos de 80% de pureza. Atualmente, a prata de lei no Brasil se refere às classificações 925 e 950, isto é, as variações mais nobres da prata, que podem gerar dúvida no consumidor.


Prata 950

As peças confeccionadas com prata 950 possuem 95% de prata e 5% de outros metais em sua composição. Por ser mais pura, a prata 950 tende a escurecer um pouco mais do que a 925, devido à oxidação natural desse elemento, mas é considerada uma liga de maior qualidade.

É recomendado ter cuidado com uma peça de prata 950 para manter o seu brilho por mais tempo e não criar um aspecto de envelhecimento. Evite, por exemplo, que ela entre em contato com a umidade, com o calor e com produtos químicos.


Prata 925

Esta terminologia quer dizer que a liga é composta por 92,5% de prata e 7,5% outros metais, como o cobre e o latão. Devido à maior mistura, ela torna-se um material mais maleável e mais fácil de manusear do que a prata 950, além do fato de escurecer menos.

A prata 925 é valorizada na alta joalheria e muito usada para compor acessórios com diamantes e outras pedras. Essa liga é considerada mais comum na Europa, mas também é facilmente encontrada no Brasil. Assim como a prata 950, as duas versões são as ideais para a fabricação de joias.


Durabilidade da Prata

Tanto as joias em prata 925 quanto a prata 950 são materiais de grande durabilidade. Por serem metais nobres, são consideradas joias e possuem um valor mais acessível que o ouro amarelo ou o ouro branco, por exemplo.

Caso sejam limpas de forma correta e bem cuidadas, as peças de prata podem durar uma vida inteira. É importante ressaltar que a prata é um metal extraído naturalmente da natureza, isto é, não é fruto da produção e manipulação do homem, sendo utilizado in natura para a produção de joias.

Entretanto, apesar de se tratar de um metal precioso, a prata é um elemento mais delicado e, portanto, menos resistente a impactos quando comparada com outras ligas de tonalidade prateada.

joias de prata

O que escurece a prata?

Muitas vezes, o aspecto escuro da prata pode ser resultado de diversos fatores. Apenas o contato com o suor do nosso corpo, com a poluição, com perfumes ou com cosméticos podem escurecer uma peça. Esse fenômeno se chama oxidação e afeta apenas a camada externa do metal, sem prejudicar a sua qualidade.

É comum também a oxidação da prata quando em contato com alguns produtos, como água sanitária, cola branca e antissépticos. No entanto, há no mercado produtos e flanelas específicas para se limpar prata, mas, para quem não possui condições ou acesso suficiente, existem diversas receitas caseiras com esse propósito disponíveis na internet, que prevêem o uso de desde bicarbonato de sódio até de pasta de dente.

Para evitar que a prata fique escura ou com um aspecto sujo, tome algumas precauções como: evitar entrar na piscina, no mar e até mesmo no banho usando a peça; evitar passar perfume e cosméticos na região em que usa a peça; não usar a peça quando fizer atividade física e evitar a sua exposição ao calor muito intenso.


Conclusão

Nos quatro cantos do mundo, a prata acompanha a humanidade desde muito tempo. Entretanto, as variações 925 e 950 são justamente os motivos pelos quais os acessórios confeccionados com essas ligas se tornaram mais resistentes, e devem ser as principais escolhas tanto do consumidor quanto do vendedor que comercializa esse tipo de joia.

A prata é um metal que proporciona alto brilho e durabilidade e é um ótimo investimento para quem busca uma peça que perdure por muitos anos. Além disso, é um material bastante versátil, com o qual é possível criar modelos únicos, e considerado neutro o suficiente para combinar com uma infinidade de looks diferentes.

Deixe um Comentário