Dietas Baratas: Emagrecendo sem gastar muito

Veja algumas dicas de dietas baratas para você emagrecer sem gastar muito dinheiro…

Na hora de perder peso, é comum que a primeira coisa que façamos seja procurar uma dieta. As que já contém um cardápio pronto são especialmente importantes, pois é possível preparar muita coisa com antecedência e ganhar tempo.

Entretanto, na busca de não deixar o cardápio muito entediante, às vezes os nutricionistas que planejam esses cardápios acabam usando determinados alimentos difíceis de achar em um supermercado comum ou pior: muito acima do orçamento planejado.

Por essa razão, esse artigo reúne algumas dietas baratas que, com jogo de cintura, você consegue perder peso e gastar pouco.

Dietas baratas para perder barriga

dietas baratas como emagrecer sem gastar muito dinheiro

Dietas Baratas

Dieta Paleo

A dieta paleozóica busca uma alimentação assim como o homem das cavernas, lá da era paleozóica. Acredita-se que o ser humano era mais saudável e atlético com base em uma alimentação baseada em carne, ovos, frutas e nozes, já que era o que estava disponível no momento.

Tubérculos, grãos, laticínios e qualquer outro alimento processado, já que na época não havia nem agricultura nem indústria, devem ser excluídas da alimentação. Essa dieta é especialmente preferida por quem busca uma melhora da performance atlética, mas a dieta paleozóica também garante perda acentuada de gordura e uma melhor qualidade de vida no todo.

Como quase todos os alimentos não estão liberados, você poderá economizar bastante, mas vai precisar de muitas receitas para aderir com sucesso à essa dieta.

Dieta da Cesta Básica

Prometendo a perda de até quatro quilos por mês, a dieta da cesta básica é uma alimentação focada em tudo o que se pode preparar com o que vem em uma cesta básica comum: arroz, feijão, farinha, café em pó, açúcar, óleo, biscoito, entre outros.

Alguns estados do país têm políticas de redução de impostos sobre os alimentos que compõe a cesta básica, diminuindo consideravelmente seu preço. A ideia dessa dieta é promover uma espécie de reeducação alimentar, buscando comer de tudo um pouco mas mantendo o equilíbrio.

Além de achar os alimentos facilmente no supermercado, você economiza bastante.

Dieta Japonesa

Tida como uma dieta de emergência, ela não deve ser seguida por mais de uma semana. Entretanto, promove perdas de até seis quilos nesses sete dias em que for realizada. Assim como outras dietas, há redução de carboidratos e aumento do consumo de proteína, por meio de três pequenas refeições.

De acordo com a meta de quilos a perder, você deve montar três refeições por dia com os seguintes alimentos: chás, café, verduras, frutas, carne vermelha e branca, ovos, laticínios e biscoito água e sal. Por conta da restrição alimentar, não sai caro.

Dieta da Gelatina

Essa dieta utiliza a gelatina antes de cada refeição e ainda durante a ceia, como único alimento, de modo a encher um pouco o estômago e propiciar saciedade com refeições menores. Pode-se fazer seis refeições, de preferência de baixa caloria, e antes de todas elas deve-se consumir cerca de 200ml de gelatina.

A ideia é não usar complementos como creme de leite, e que a gelatina seja diet. Para não enjoar logo, a dica é revezar os sabores.

Receba mais artigos como este em sua caixa de entrada

Assine a nossa lista VIP e receba as atualizações direto no seu e-mail.