Sexta-feira Santa é Feriado Nacional? Qual é o Significado?

Saiba se a Sexta-feira Santa é feriado nacional e veja qual é o seu significado…

As datas comemorativas no Brasil e em todo mundo tendem a variar conforme o país, estado ou município.

A Sexta-feira Santa, também conhecida como Sexta-feira da Paixão, é marcada por uma sexta-feira com fundamentos religiosos relacionada com os cristãos espalhados pelo mundo todo, logo também é uma data importante em todo o Brasil.

Sexta-feira Santa é Feriado Nacional? Qual é o Significado?

Sexta-feira Santa é feriado nacional? Qual é o significado?

Essa data é considerada um feriado nacional aqui no Brasil e em grande parte do mundo, principalmente onde o cristianismo marca presença. Esse feriado acontece sempre em uma sexta-feira antes do Domingo de Páscoa, que é considerado o sexto dia, na prática do cristianismo ocidental, da Semana Santa, e marca o sétimo dia da Semana Santa para o cristianismo oriental.

Para os praticantes do cristianismo e seguidores da igreja Católica, essa é a semana mais importante do ano, uma data histórica que remonta a passagem de Jesus Cristo por Jerusalém antes de sua morte e ressurreição. De acordo com os dias que se seguem na passagem da Semana Santa aqui no Brasil, é no Sábado Santo que a Vigília Pascal é lembrada – dia de malhar o Judas – antes do Domingo de Páscoa.

Os praticantes do cristianismo Católico não veem neste feriado uma oportunidade de descanso, mas sim uma oportunidade de se recolherem em orações, levando em consideração todo o sofrimento enfrentado por Jesus Cristo em amor pela humanidade.

   
 

Qual é o verdadeiro significado da Sexta-feira Santa?

De acordo com entidades oficiais que conduzem a ordem da igreja Católica, essa celebração tem uma grandíssima importância para a fé cristã e para reflexão sobre os ensinamentos deixados por Jesus Cristo.

De acordo com o padre da igreja Católica, Sóstenes Vieira, membro participante da Comunidade Canção Nova, o verdadeiro significado deste feriado nacional e mundial é as pessoas seguidoras ou não do cristianismo olharem para dentro de si mesmas e refletirem em busca de iluminação.

De acordo com o padre, o objetivo é não deixar essa data perder o verdadeiro significado e manter-se firme e com o foco na proposta original. “Quem, na Semana Santa, não se encontra com Jesus porque quer descansar, certamente vai voltar muito mais cansado ao voltar da Páscoa em comparação com quem se encontrou com Jesus durante esses dias”.

Semana Santa ou Semana Maior

Muitos também chamam a Semana Santa de Semana Maior, ou seja, semana que é celebrado o maior mistério relacionado com a fé cristã – a morte e ressurreição de Jesus Cristo -, mas também porque trata-se de 40 dias de dedicação e fé dos praticantes do cristianismo, também denominado Tempo da Páscoa.

Segundo Sóstenes, o sentido de toda essa celebração é de lembrar que Jesus sofreu com as atrocidades da ignorância humana, mas que no final acabou sendo vencedor. Assim é comemorado o Domingo de Páscoa.

No âmago do verdadeiro significado desta data, a entrega de corpo e alma dos praticantes da religião Católica ou para quem é cristão com base em outras religiões, é que Jesus se doou para que a humanidade pudesse buscar a paz e dias melhores, e é isso que deve ser enfatizado não só na Sexta-feira Santa, mas que essa busca seja sempre e em todas as circunstância.