Quando Surgiu a Tradição dos Ovos de Páscoa?

Veja quando surgiu a tradição dos ovos de páscoa no Brasil e no Mundo…

Durante o período em que se comemora a páscoa cristã, é comum presentear os amigos, crianças e familiares com ovos de páscoa feitos de chocolate.

Muitos realizam esta prática já antiga, mas poucos são os que realmente conhecem de ondem surgiu este costume que se tornou tradição ao longo dos anos.

Quando surgiu a tradição dos ovos de páscoa?

Quando surgiu a tradição dos ovos de páscoa?

Apesar de ter sido adotado pelos cristãos como forma de representar a ressureição de Cristo, mesmo antes de seu nascimento já era comum presentear as pessoas com ovos. Antigamente, a troca de ovos era realizada pelos povos chineses no dia 21 de março para se comemorar a entrada da primavera. Em alguns povos, era comum também realizar a troca de galinhas produzidas e pintadas à mão.

   
 

Os ovos eram vistos pelas pessoas como uma maneira de representar a fertilidade e o renascimento, assim como a entrada da primavera representava a fertilidade da terra e das plantações. Era uma superstição enterrar os ovos nas terras onde seriam realizadas as plantações como forma de aumentar a fertilidade do solo.

Entretanto, para diferentes culturas os ovos tinham diferentes significados, para os chineses e os egípcios, os ovos representavam a forma do universo.

Quando o coelho foi relacionado à Páscoa?

Antes de se comemorar a páscoa, alguns povos pagãos europeus faziam homenagem a Ostera, deusa que era representada segurando um ovo nas mãos e vigiando um coelho saltitante. Entretanto, a imagem do coelho como representação da páscoa surgiu apenas no ano de 1700. A associação desse animal também decorreu como símbolo de sua fertilidade devido ao seu grande poder reprodutivo.

Foi apenas a partir do ano de 325 depois de Cristo que os cristãos se apropriaram do símbolo do ovo para representar a ressureição de cristo. Nesta época, os ovos de páscoa ainda eram representados por ovos de galinhas que eram pintados artesanalmente ou tingidos com tintas de plantas durante o cozimento.

Durante esse período os ovos começaram a ser produzidos dos mais diferentes tipos de materiais decorados como os de porcelana, madeira e até de ouro durante o reinado de Eduardo I na Europa.